Antioxidantes

Antioxidantes:

Este termo já faz parte da linguagem como sinónimo de saúde e são úteis para eliminar os tão falados radicais livres. São importantes no combate contra o cancro, doenças coronárias, deterioração causada pelo stress oxidativo, entre outros.
Existem diferentes antioxidantes que podemos encontrar em muitos alimentos que, de forma variada, pode fazer parte da nossa alimentação:

Catequinas:

Activam as enzimas do fígado que eliminam as toxinas e estão presentes em grande quantidade no chá verde. A epigalocaquetica-3-galato elmina as células cancerígenas e tem propriedades anticancerígenas e anti-inflamatórias.

 

Quercetina:

Também presentes no chá verde, cebola, uvas, entre outros alimentos, estes flavonóides promovem um efeito vasodilatador, hepatoprotector e têm efeito antiasmático. Têm a capacidade de diminuir os danos resultantes da radioterapia no sistema nervoso.

Licopeno:

Presente em algumas frutas, como a melancia e tomate, este antioxidante é um pigmento vegetal carotenoide que confere a cor vermelha às frutas e legumes. Agiliza a circulação e reduz o risco de enfarte e a probabilidade de desenvolver cancro do aparelho digestivo, da mama e próstata.

 

Genisteína:

É abundante na soja e tem a função neuroprotectora de reduzir a formação de placas amilóides que produzem a deterioração cognitiva no Alzheimer. Tem uma estrutura química similar à dos estrogénios e aumenta a acção dos agentes antioxidantes que favorecem a longevidade.

Estes são apenas alguns dos muitos antioxidantes disponíveis em nossa casa sob forma de alimento mas com acção de medicamento. Tenha mais saúde a partir da sua mesa!

artigo-alimentos_2

Qualquer dúvida contacte-nos